Armie Hammer, ator de Me Chame Pelo Seu Nome, é acusado de canibalismo

Armie Hammer, ator de Me Chame Pelo Seu Nome, é acusado de canibalismo

Fotos divulgadas de uma suposta conversa entre Armie Hammer e uma mulher estão causando polêmica nas redes sociais. Nas imagens, o ator de Me Chame Pelo Seu Nome teria admitido ser canibal e falado sobre estupro. As informações são do R7.

Na madrugada de 10 para 11 de janeiro, um perfil no Instagram revelou que teria trocado mensagens com Armie Hammer e ele teria admitido ser canibal – e duas vítimas relataram situações parecidas na qual o astro também teria falado sobre estupro.

Em um dos prints, o ator teria enviado a seguinte mensagem: “Excitado ao pensar em segurar seu coração na minha mão, controlando quando ele bate. Eu sou 100% canibal, quero comer você. É assustador admitir isso. Nunca admiti antes. Eu já tirei o coração de um animal vivo e comi enquanto estava quente”.

Em outra imagem, Hammer teria falado: “Você é minha! Ouviu? Diga agora! Diga que você é minha. M-i-n-h-a! Eu sou seu dono, e serei para sempre. Preciso do seu sangue, eu desejo ele. Você me dá seu sangue amanhã?”. A pessoa conversando com ele estranha: “Esse assunto… De novo? Isso é meio intenso”. Em seguida, ele diz: “Eu sou intenso. Preciso do seu sangue, quero que me alimente com ele”. 

Outra conversa contaria com Hammer falando sobre estupro: “Você foi a versão mais intensa e violenta que já tive. Te estuprar no chão com uma faca contra você, qualquer outra coisa parecia entediante. Você chorando e gritando, eu em cima de você. Eu me senti um Deus. Nunca senti tamanho poder ou intensidade”.


 

O conteúdo das imagens também está sendo questionado por perfis nas redes sociais, que acreditam se tratar de montagens. Os representantes do astro foram procurados pelo Daily Mail, mas não se manifestaram. Apesar de não terem sido confirmadas a ex-namorada do ator, Courtney VuceKovich, usou a rede social para dizer que as histórias são verdadeiras. 

lima

lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *