Mulher recusa carro de recompensa após encontrar cachorro perdido

0

Uma família da cidade de Taubaté, interior de São Paulo, se encontra mais feliz desde o último sábado, dia 14.

Isso após o pequeno cão da família, da raça chihuahua, que até então estava desaparecido já fazia uma semana, ter sido achado.

A família tomou a decisão de oferecer um carro, um Passat, ano 1984, avaliado em 3 mil reais, como recompensa a quem achasse o animal.

Prior apanha em briga de bar

Benji, nome dado ao cãozinho, possui quatro anos e é o queridinho da família. Ele sumiu no último dia 7, lá por meio-dia, assim que a família foi na rua para fazer compras.

Após meia hora ter se passado, o cachorro, que fazia uso de uma coleira, já não se encontrava mais no quintal da casa.

Desde então foi iniciada uma grande busca pelo cãozinho. Cartazes foram colocados pela cidade e uma campanha foi feita nas redes sociais à procura do animal.

Neymar fica suspenso da Twitch por sete dias

Tudo isso rolou até que chegou o sábado e foi recebida a notícia: o Benji estava em uma boa condição e numa casa no mesmo bairro, Chácara Silvestre.

Relato do ocorrido

“Pela manhã, fui espalhar mais cartazes do Benji no bairro e uma mulher me chamou. Ela disse que havia um cachorro bem parecido no quintal da casa do seu inquilino. Chegamos lá e era ele”, relatou o pintor Emerson Albissu da Silva.

De acordo com o dono do animal, quem estava com Benji afirmou ter achado o animal na rua.

Com Benji retornado à residência, foi chegada a vez de ser cumprida a promessa de entregar o carro da família como recompensa para a pessoa que achou o cãozinho. Contudo, Emerson disse que a mulher recusou o veículo.

“Eu já tinha separado a documentação para entregar o carro, mas a mulher disse que não seria justo aceitá-lo e eu ter que pagar pelo resgate do cachorro que é meu. Combinamos de depois fazer um churrasco para comemorar a volta do Benji para casa”, relata.

Ainda de acordo com Emerson, agora a família passou a tomar maiores cuidados com Benji e o cãozinho fica somente dentro de casa a fim de evitar que ele desapareça outra vez.

Fonte: UOL

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.